figado

Gordura no fígado é perigoso?

A esteatose hepática (ou doença hepática gordurosa não alcoólica -DHGNA) é uma condição de acúmulo de gordura extra no fígado. Geralmente não causa nenhum sintoma e muitas vezes é detectada em estudos de imagem da região abdominal. O fígado gorduroso está intimamente relacionado a condições como diabetes e obesidade, além do aumento do risco de doenças cardiovasculares.

Devo me preocupar?

Em uma boa parte dos casos a esteatose hepática pode não causar doenças relacionadas ao fígado. Entretanto, uma parcela das pessoas com essa condição pode evoluir com inflamação e lesões nas células do fígado, estado que chamamos de Esteato-hepatite não alcoólica (NASH). Isso aumenta o risco de progressão para doenças mais graves, como fibrose (cicatrizes) do fígado, cirrose e câncer de fígado.

Felizmente, a maioria das pessoas com DHGNA tem fígado gorduroso simples e não NASH. Porém, quando a doença evolui para cirrose, temos consequências graves para saúde, evoluindo inclusive com a necessidade de transplante de fígado.

Como é o diagnóstico?

É necessária uma biópsia do fígado para saber se uma pessoa tem fígado gorduroso simples ou esteato-hepatite. As complicações possíveis (embora raras) e o custo de uma biópsia hepática tornam esse procedimento impraticável para todos que têm esteatose. Atualmente métodos de avaliação menos invasivos ajudam os médicos na decisão de quem tem maior necessidade de realizar uma biópsia hepática.

O que fazer em caso de gordura no fígado?

Se você foi diagnosticado com doença hepática gordurosa, é importante manter o seu fígado o mais saudável possível e evitar fatores de agressão.

Aqui estão algumas coisas importantes que você deve fazer:

– Não beba muito álcool. O quanto é demais permanece controverso, mas provavelmente é melhor evitar o álcool completamente;

– Certifique-se de que nenhum de seus medicamentos, ervas e suplementos sejam tóxicos para o fígado: pergunte sempre ao seu médico antes de iniciar uma medicação. Mesmo paracetamol (usado para dor e frequente em alguns remédios para resfriado) pode ser prejudicial se você tomar muito por muito tempo, especialmente se você tiver doença hepática ou beber muito álcool;

– Vacine-se para se proteger contra os vírus hepáticos da hepatite A e B;

– Controle outras condições de saúde que também podem afetar seu fígado e verifique com seu médico se você pode ter outras doenças tratáveis subjacentes que contribuem para seu fígado gorduroso;

– Mantenha uma alimentação saudável e melhore seu estilo de vida;

Existe algum tratamento?

O tratamento mais eficaz para o fígado gorduroso é a mudança no estilo de vida e perda de peso. Existem algumas medicações, como a Vitamina E e a Pioglitazona (medicação para diabetes) que podem ser benéficas em alguns casos, porém necessitam de avaliação médica com relação a uso e contraindicações.

– Perder peso:  a perda de peso de cerca de 5% do peso corporal pode ser suficiente para melhorar os testes hepáticos anormais e diminuir a gordura no fígado. Perder entre 7% e 10% do peso corporal parece diminuir a quantidade de inflamação e lesão das células do fígado e pode até reverter alguns dos danos da fibrose;

– Atividade Física: parece que o exercício aeróbio também leva à diminuição da gordura no fígado e, com intensidade vigorosa, possivelmente também diminui a inflamação independente da perda de peso;

– Alimentação: alguns estudos sugerem que a dieta mediterrânea também pode diminuir a gordura no fígado. Este plano de nutrição enfatiza frutas, vegetais, grãos integrais, legumes, nozes, substituindo a manteiga por azeite ou óleo de canola, limitando a carne vermelha e aumentando peixes e aves magras.

Mesmo que seja difícil fazer essas mudanças no estilo de vida e perder peso, o benefício é imenso. E lembre-se, o maior risco para pessoas com fígado gorduroso ainda é a doença cardiovascular. O auxílio de um profissional nesse processo é fundamental.

Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp