slim

Obesidade é uma doença?

O que é o obesidade?

Obesidade é uma doença caracterizada pela tendência ao acúmulo de gordura corporal resultando em aumento do peso e aparecimento de doenças em consequência a esse acúmulo de gordura e peso excessivo. Existem diferentes graus de gravidade da obesidade e podemos de maneira simples saber se nosso peso está adequado através do cálculo do IMC (índice de massa corpórea) com os dados de altura e peso ( peso dividido pela altura vezes altura). O indivíduo tem peso normal quando este cálculo é menor que 25; sobrepeso quando o valor fica entre 25 e 30 e obesidade quando maior que 30.

E essa doença traz riscos?

Sabemos ainda que a forma da distribuição de gordura no corpo pode levar a maior risco de doenças e morte. A gordura visceral, que é a gordura que se acumula na região do abdome, é um tecido mais inflamatório e que secreta substâncias maléficas para o corpo, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. A medida da circunferência abdominal nos dá uma estimativa da presença de gordura visceral e deve ser menor que a metade da nossa altura em cm.

O que causa obesidade?

A principal causa da obesidade é o excesso de calorias ingeridas pela dieta acompanhado de falta de atividade física e tendência genética a menor controle da fome e menor metabolismo. Outras causas são algumas doenças genéticas, alterações hormonais como o hipotireoidismo, a deficiência de hormônio de crescimento, o aumento do cortisol e as lesões hipotalâmicas. Além disso os transtornos alimentares que são doenças psiquiátricas caracterizadas pela presença de alterações no comportamento alimentar, como o transtorno de compulsão alimentar períódico ( TCAP) e a síndrome do comer noturno (SCN) podem ser causa de grandes ganhos de peso em um curto espaço de tempo.


Qual é o tratamento?

O tratamento da obesidade é complexo e multidisciplinar, mas basicamente envolve redução da ingestão de calorias em relação às calorias gastas (balanço energético). Devemos  procurar ingerir alimentos menos calóricos e mais nutritivos e aumentar o gasto de calorias, seja tornando- se mais ativo (caminhando mais, trocando elevadores por escadas, por exemplo) ou introduzindo uma atividade física regular. A depender da causa e do grau de obesidade são indicados medicamentos que auxiliam no controle da fome e saciedade. Além disso em casos de obesidade grave e obesidade acompanhado de outras doenças e que não tiveram resposta ao tratamento clínico/medicamentoso pode ser indicado o tratamento cirúrgico que leva a restrição das quantidade de comida ingerida e alterações na absorção de nutrientes.


É importante saber que a obesidade é uma doença crônica, ou seja, exige tratamento por toda a vida. Mesmo que o indivíduo tenha sucesso com a redução do peso, deve sempre entender que a tendência genética ao acúmulo de gordura ainda existe e que sempre há o risco do reganho de peso caso volte a ingerir mais calorias que o gasto de energia do seu corpo.

Por isso é importante a busca do tratamento médico especializado para diagnóstico dos transtornos do peso, identificação dos diversos aspectos envolvidos e indicação da melhor abordagem terapêutica.



Comentários

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp